Postagens com a tag ‘recursos naturais’



06/06/2012


No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado mundialmente no dia 5 de junho, as Nações Unidas destacaram a necessidade de mudanças de pensamento e abordagem para garantir a sustentabilidade dos recursos da Terra, apesar da crescente população mundial.

“Sustentabilidade implica em proporcionar oportunidade para todos, equilibrando as dimensões social, econômica e ambiental do desenvolvimento. Temos que refutar o mito de que há conflito entre a saúde econômica e ambiental “, afirmou o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, em sua mensagem para a data. “Com políticas inteligentes e investimentos corretos, os países podem proteger o meio ambiente, promover o crescimento de suas economias, gerar empregos decentes e acelerar o progresso social”. O Secretário-Geral enfatiza também que a crescente população mundial vai pressionar ainda mais o uso de recursos naturais – água, alimentos e energia – e os países terão de mudar os paradigmas de desenvolvimento ao encontrar soluções sustentáveis ​​para seus cidadãos.

Ban Ki-moon observou que a Conferência de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Rio+20), que será no Brasil de 20 a 22 de junho, será uma oportunidade para os países se aprofundarem no compromisso de encontrar essas soluções.

“A Rio+20 é a nossa oportunidade de aprofundar o compromisso global de desenvolvimento sustentável”, disse Ban. “Devemos concordar que o mundo precisa de um conjunto de metas de desenvolvimento sustentável que terão por base os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). E devemos fazer progressos em alguns dos blocos de construção da sustentabilidade – energia, água, alimentos, cidades, oceanos, emprego e empoderamento das mulheres”.

Em sua mensagem para marcar o Dia, a Diretora-Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, observou que na Rio+20 a comunidade internacional precisa definir novos rumos para a sustentabilidade, que passam pela construção de novas formas da agricultura, o desenvolvimento de novas fontes de energia, a criação de novas formas de construção e transporte.

“Alcançar esses objetivos requer novas abordagens sobre a água potável, oceanos, terras e o clima. Requer um novo pensamento sobre o significado de progresso”, disse  Bokova. “São necessárias novas fontes de inovação e de resiliência que tenham raízes mais profundas do que recursos materiais ou econômicos. Temos de construir economias verdes sobre os fundamentos das sociedades verdes”.

A  instauração do Dia Mundial do Meio Ambiente ocorreu em 1972, como uma forma de aumentar a consciência ambiental e incentivar a atenção e ação políticas. O tema deste ano, Economia Verde: Ela te inclui?, procura sublinhar a necessidade da ação de todos.