Relatório da ONU confirma ligação entre aquecimento global e a atual onda de catástrofes climáticas

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Segundo a Representante Especial do Secretário-Geral para a Redução dos Riscos de Desastres,Margareta Wahlström, “o mundo entrou em uma nova era mortal, onde as condições meterológicas extremas tendem a se tornar a norma”.

Desastres relacionados ao clima, como inundações, estão em ascensãoUm relatório apoiado pelas Nações Unidas confirma a ligação entre as mudanças climáticas e a atual tendência de fortes inundações e ondas de calor no mundo. O Relatório Especial sobre Gestão dos Riscos de Eventos Extremos e Desastres para o Avanço da Adaptação às Mudanças Climáticas (SREX), cujo sumário foi aprovado hoje (21/11) pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), em Kigali (Uganda), adverte que as medidas existentes, mesmo em países desenvolvidos, não são suficientes para lidar com a gravidade desses acontecimentos.

“O mundo entrou em uma nova era mortal, onde as condições meterológicas extremas tendem a se tornar a norma” afirmou a Representante Especial do Secretário-Geral para a Redução dos Riscos de Desastres, Margareta Wahlström.  “Aqueles que já são vulneráveis ​​à fome e à desnutrição, que vivem sem acesso à água potável e saneamento e que vivem em assentamentos informais têm menos capacidade para enfrentar e se adaptar. O relatório especial do IPCC é um apelo para que governos em todo o mundo garantam que a redução dos riscos dos desastres seja o cerne do desenvolvimento sustentável durante este século de mudanças climáticas” ressaltou.

O sumário do Relatório também alerta para os custos catastróficos da falta de ação diante das mudanças climáticas, afirmando que, atualmente, nenhum país está totalmente preparado para lidar com o efeito estufa.


Comente

comentários