Poluição mata mais de dois milhões de pessoas por ano no mundo, diz OMS

27 de Setembro de 2011 · Notícias
Tamanho da fonte: Aumentar o tamanho da letraDiminuir o tamanho da letra


Share

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, anualmente, mais de dois milhões de pessoas podem morrer no mundo por problemas respiratórios causados pela poluição. Para alertar sobre os riscos à saúde provocados pela baixa qualidade do ar, a agência divulgou nesta segunda-feira (26/9) um estudo que abrange cerca de 1,1 mil cidades, em 91 países (*). No Brasil, foram considerados 68 pontos de medição em quatro estados – Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Somente as regiões de Belo Horizonte, Pontal do Paranapanema (SP) e Ibirité (MG) estão dentro do limite aceitável de poluição.

A região mais poluída dentre as verificadas no Brasil é a metropolitana do Rio de Janeiro, com índice mais de três vezes acima do tolerável. Em segundo lugar vem Cubatão, no litoral paulista. Na sequência estão a região de Atibaia e Vinhedo (SP) e a região metropolitana de São Paulo, com quase o dobro do limite recomendado. Outras regiões como Ribeirão Preto, São José dos Campos e Sorocaba, além do Centro, Noroeste e Oeste do estado de São Paulo, também apresentam índices preocupantes, assim como Curitiba, Betim (MG) e Volta Redonda (RJ).

Indústrias e transportes motorizados estão entre os maiores poluidores tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento. Desde 2004, os números de pessoas que morrem de causas relacionadas à poluição vem crescendo, mas milhões de vidas poderiam ter sido poupadas se as orientações da OMS fossem seguidas. Com este relatório, a OMS pede a implementação de políticas efetivas e o monitoramento da situação destas cidades.

(*) Os dados foram compilados a partir de relatórios governamentais disponibilizados na internet de 2008 a 2011, entretanto, cada país pode ter informações mais atualizadas.


Comentários

Deixe seu comentário










  • Meu Mundo: participe!

    Qual a sua prioridade?



    Campanha Livres & Iguais -- Por direitos e igualdade LGBT!


    Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014

    Campanha O Valente não é Violento
    Una-se pelo fim da violência contra as mulheres


    ONU e o Sudão do Sul

    ONU e a Síria




    Centro Regional de Informação das Nações Unidas (UNRIC) para a Europa Ocidental
    Clique aqui para acessar todas as campanhas e atividades da ONU Clique aqui para acessar todas a agenda da ONU e as datas internacionais