PNUD lança guia sobre financiamentos pró-clima

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Publicação ajuda países em desenvolvimento a acelerar o acesso a financiamentos relacionados às mudanças climáticas.

A Incorporação dos Financiamentos Climáticos através dos Fundos Nacionais para o ClimaOs países em desenvolvimento contam com uma nova ferramenta capaz de ajudá-los a melhor aproveitar os recursos para enfrentar as mudanças climáticas. É o guia chamado “A Incorporação dos Financiamentos Climáticos através dos Fundos Nacionais para o Clima” – do inglês, Blending Climate Finance through National Climate Funds. O documento é baseado na experiência acumulada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) na criação, gestão e assessoramento de 750 fundos e na prestação de serviços a mais de US$ 5 bilhões em contribuições obtidas a partir de múltiplos doadores.

“Estamos proporcionando aos governos uma receita para que eles possam acessar mais recursos e melhorar a gestão das atividades relacionadas às mudanças climáticas”, disse o Administrador-Assistente e Diretor de Políticas de Desenvolvimento do PNUD, Olav Kjorven.

Entre 2009 e 2010, os investimentos do setor de energia limpa em todo o mundo cresceram 30%, atingindo um valor recorde de US$ 243 bilhões. No entanto, apenas cerca de um décimo desses investimentos saíram de países membros do G-20 e se destinaram a áreas altamente vulneráveis às mudanças nos padrões climáticos, como os países menos desenvolvidos e Estados insulares.

Exemplos de sucesso de fundos climáticos nacionais desenvolvidos no Brasil, em Bangladesh, na China, na Indonésia e em outros países são destaque no guia. A publicação faz parte de uma série de manuais práticos, guias e kits de ferramentas destinados a apoiar os países na transição para um desenvolvimento sustentável, com baixa emissão de poluentes e mais resiliente às mudanças climáticas.

Para acessar o guia em inglês, clique aqui


Comente

comentários