Começa hoje em São Paulo 1º Seminário Nacional de Jovens Feministas

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Evento vai reunir cerca de 30 mulheres jovens líderes, de cinco regiões do Brasil, que participarão de painéis, debates e oficinas.

Cerca de 30 mulheres jovens líderes das cinco regiões brasileiras estarão reunidas no 1º Seminário Nacional de Jovens Feministas, que acontece entre os dias 25 e 27 de agosto, em São Paulo. O evento é uma realização das Jovens Feministas de São Paulo, em parceria com a Associação Zulu Nation Brasil e a Associação Mulher e Movimento Hip Hop, com apoio do Conselho Estadual da Comunidade Negra e da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul.

No primeiro dia do evento, a Coordenadora da área de Governança da ONU Mulheres, Susana Martinez, participa da mesa de abertura do encontro, que também conta com a presença de Roseane Arévalo, das Jovens Feministas de São Paulo; Carla Zulu, da Zulu Nation; Atiely Santos, da Hip Hop Mulher; e Marco Antônio Zito Alvarenga, Presidente do Conselho da Comunidade Negra. Lia Lopes participa como mediadora dos debates.

Em seguida, será realizado o painel “Como surgiram e se organizaram as jovens feministas do Brasil?”, com a participação de Fernanda Papa, da Fundação Friedrich Ebert; Daniele Costa, do Conjuve (Conselho Nacional da Juventude); Elizandra Souza, da Ação Educativa; e Ana Clara Marques do Grupo Maçãs Podres. Além disso, Bruna Provazi vai ministrar a oficina “Dominando os meios de comunicação (TICs) para fortalecer nossa articulação”.

Na sexta-feira (26) a mesa “Experiências positivas na realização de projetos sociais de/com/para jovens” reúne Mafoane Odara, da Ashoka; Keli Cristina Souza, do Instituto Paulista de Juventude (IPJ); e Adriana Barbosa, da Feira Preta. Na parte da tarde será articulado um grupo de trabalho para discutir estratégias de desenvolvimento para as mulheres jovens feministas. A atividade ainda prevê um diálogo com representantes dos movimentos de mulheres, negro, LGBT, de pessoas com deficiência, entre outros.

Na ocasião, será lançada a campanha “Pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos das Mulheres Jovens no Brasil”. Estarão presentes na ação Camila Galdino, da Articulação Brasileira de Jovens Feministas, e Thais Gava, da ONG Ecos.

No último dia do evento haverá uma oficina “Elaborando projetos: hora de colocar as ideias no papel”, ministrada por Atiely Santos. Também será realizada uma mesa de debates sobre “Alianças Políticas: Uma agenda de empoderamento, incidência e desenvolvimento das jovens feministas”, com Roseane Arévalo e Lia Lopes como mediadoras. O encerramento do “1º Seminário Nacional de Jovens Feministas” acontece às 20 horas com a apresentação teatral “Carne, Patriarcado e Capitalismo”.

Para mais informações sobre o evento clique aqui.


Comente

comentários