2,4 milhões de pessoas são vítimas do tráfico de seres humanos, afirma UNODC

3 de Abril de 2012 · Notícias
Tamanho da fonte: Aumentar o tamanho da letraDiminuir o tamanho da letra


Share

Cerca de 2,4 milhões de pessoas são vítimas do tráfico de seres humanos, um mercado com lucro anual de mais de 32 milhões de dólares, segundo o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

Por conta desses dados alarmantes, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, instou nesta terça-feira (03/04) durante o encontro ‘Combatendo Tráfico Humano: Parceria e Inovação para acabar com a Violência contra Mulher’ na sede da ONU em Nova York, os Estados a aumentarem os esforços para prevenir o tráfico de seres humanos e proteger suas vítimas.

Ele ressaltou que os países precisam aderir a tratados existentes, como o ‘Protocolo da ONU para Prevenir, Suprimir e Punir o Tráfico de Pessoas, Especialmente Mulheres e Crianças’. Além disso, Ban Ki-moon enfatizou que países precisam atacar os problemas responsáveis pelo tráfico, como extrema pobreza, e pediu que países coordenem suas políticas de trabalho e migração.

“Mulheres são tiradas de suas casa e de seus países com falsas promessas. Elas são despojadas de seus passaportes, sua dignidade e sua segurança pessoal”, afirmou o Secretário-Geral.

Fundo Fiduciário Voluntário das Nações Unidas para as Vítimas de Tráfico de Pessoas também foi lembrado. O Diretor Executivo da UNODC, Yury Fedotov, afirmou que um milhão de dólares foram prometidos, mas apenas 470 mil dólares foram doados.


Comentários

Deixe seu comentário










  • Site especial sobre Direitos Humanos

    Segurança de Jornalistas

    Meu Mundo: participe!

    Qual a sua prioridade?



    Campanha Livres & Iguais -- Por direitos e igualdade LGBT!


    Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014

    Campanha O Valente não é Violento
    Una-se pelo fim da violência contra as mulheres


    ONU e o Sudão do Sul

    ONU e a Síria




    Centro Regional de Informação das Nações Unidas (UNRIC) para a Europa Ocidental
    Clique aqui para acessar todas as campanhas e atividades da ONU Clique aqui para acessar todas a agenda da ONU e as datas internacionais